Online

Ranking aponta as melhores (e piores) escolas municipais de São Caetano do Sul

No início do mês de setembro, foram divulgados os dados do Ideb correspondentes ao ano de 2015, possibilitando medir o desempenho das escolas municipais de São Caetano do Sul, ou seja, daquelas que abrigam estudantes do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental.

O Ideb é um índice calculado a partir de dois componentes: taxa de rendimento escolar (aprovação) e médias de desempenho nos exames padronizados aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar. As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil (para Ideb de escolas e municípios) e do Saeb (no caso do Ideb dos estados e nacional).

O Brasil alcançou o índice de 5,5 e bateu a meta que era 5,2.

Veja o ranking das escolas de São Caetano:

1º – Ideb 8,1
EMEF Prof. Olyntho Voltarelli Filho

2º – Ideb 7,9
EMEF Anacleto Campanella

3º – Ideb 7,7
EMEF 28 de Julho

4º – Ideb 7,5
EMEF Luiz Olinto Tortorello
EMEF Sylvio Romero

5º – Ideb 7,4
EMEF Profa. Alcina Dantas Feijão
EMEF Angelo Raphael Pellegrino
EMEF Benedito Paulo Alves de Souza

6º – Ideb 7,3
EMEF Laura Lopes
EMEF Leandro Klein

7º – Ideb 7,0
EMEF Elvira Paolilo Braido
EMEF Senador Fláquer

8º – Ideb 6,9
EMEF Bartolomeu Bueno da Silva
EMEF Padre Luiz Capra

9º – Ideb 6,8
EMEF Rosalvito Cobra

10º – Ideb 6,7
EMEF Prof. Decio Machado Gaia
EMEF Profa. Eda Mantoanelli

11º – Ideb 6,6
EMEF Oswaldo Samuel Massei
EMEF Prof. Vicente Bastos

Opinião

Muitos especialistas discordam de rankings que utilizam o Ideb, pois cada escola possui sua própria meta. Acredita-se que a melhor análise a ser feita é a da evolução de cada unidade escolar, pois vários são os fatores que influenciam o seu desempenho, entre eles a localização, os investimentos aplicados e a capacitação dos profissionais.

Quem defende a comparação alega que as condições em São Caetano do Sul não são tão diferentes, pois a Prefeitura sempre declara que os investimentos na educação são distribuídos de forma igualitária. Percebe-se também que, entre as primeiras posições, é possível encontra escolas da periferia ao lado de outras da região central.

Para consultar o banco de dados do Ideb acesse o site Ideb.inep.gov.br.